Cortejo Abre-Alas


"Sabiá lá na gaiola fez um buraquinho.
Voou.
E a menina que gostava tanto do bichinho.
Chorou."

Com LUME Teatro e Zé Pereira - Ouro Preto -  Minas Gerais - Julho de 2013

Facebook do cortejo: https://www.facebook.com/groups/358979280831029/

Comentários

Aline Franco disse…
O medo (Eduardo Galeano)
Certa manhã, ganhamos de presente um coelhinho das índias 'ou pássaro azul, na versão Abre-Alas'. Chegou
em casa numa gaiola. Ao meio-dia, abri a porta da gaiola.
Voltei para casa ao anoitecer e o encontrei tal e qual o havia deixado:
gaiola adentro, grudado nas barras, tremendo por causa do susto da liberdade.

Postagens mais visitadas